parceiros Financeiros

Viabilizamos a tomada de crédito inteligente para investir na expansão e no giro do negócio.

Prancheta 2-100

INTRODUÇÃO

Sempre houve a necessidade das empresas em captar recursos de terceiros para finalizar suas atividades, visando expandir seus negócios ou para se manterem no mercado, isso leva o empresário a recorrer a financiamentos e empréstimos. O Crédito sempre foi o core business dos bancos, seja ele Múltiplo, de Atacado ou de Investimentos.

Mas os bancos, de certa forma, tem algumas exigências que podem engessar a possibilidade de crédito para empresas em certas condições.

Com isso nascem algumas frentes bancárias diferentes para atender toda essa demanda, sobretudo em cenário de crise, onde as empresas precisam de mais crédito para se manterem vivas no mercado.

Uma de nossas iniciativas como consultoria é viabilizar e alocar este crédito de forma que a empresa não se afunde ainda mais com operações caras e que muitas vezes levam a empresa a um abrupto declínio, empurrando o negócio ainda mais rumo à falência. Por isso vamos mostrar como estas linhas de crédito funcionam para que você possa obtê-las de forma inteligente.

Prancheta 2 cópia-100

FIDC

O que é FIDC?

Os Fundos de Investimento em Direitos Creditórios foram criados em 2001, e têm representado papel importante para empresas brasileiras, especialmente para empresas com crédito comprometido nas linhas de bancos de varejo. 

Também conhecido no mercado como Fundo de Recebíveis, a especialidade deste tipo de fundo é a inclusão de investidores, que reúnem seus recursos em uma aplicação para “comprar” recebíveis de empresários. Recebem de forma imediata o valor dos pedidos a prazo, convertidas em duplicatas, títulos ou cheques, por exemplo, e adiantam este valor à empresa, geralmente avaliando o poder de pagamento do sacado.

Uma opção mais vantajosa que viabiliza a obtenção de capital com baixo risco e bem menos burocrática. Ou seja, uma linha de crédito para empresas com baixo poder de crédito e com desconto direto nos recebíveis. 

Riscos

Por se tratar de um fundo de crédito, todo Fundo de Investimento em Direitos Creditórios também conta com avaliação de risco feita por agências de rating, só que claro, esta análise é bem menos burocrática que em bancos de varejo, onde a análise ocorre baseada em aval e na capacidade de pagamento do sacado. 

Prancheta 2 cópia 2-100

SECURITIZADORA

São Sociedades de Propósito Específico – SPE, instituições não financeiras, constituídas com objetivo exclusivo para aquisição e securitização de Ativos Empresariais.

A securitizadora trabalha somente na aquisição de créditos cedidos pela originadora, na securitização é possível contratar a coobrigação do cedente.

As securitizadoras buscam o mercado das empresas de maior porte, justamente pelos custos que envolvem a operação.

o qUE É SECURITIZADORA

Securitização é um processo no qual uma variedade de ativos financeiros e não financeiros são alocados na forma de Títulos e então vendidos a investidores. Os fluxos de caixa gerados pelos ativos-base são usados para pagar o principal e os encargos das securities além das despesas da operação, e são lastreados pelos ativos.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE FUNDOS E BANCOS DE VAREJO?

Agilidade: Devido a uma série de questões burocráticas, os bancos não possuem a agilidade que fundos de investimento dispõem. Além disso, há também uma série de burocracias que fazem com que as grandes instituições financeiras não consigam acompanhar o ritmo da antecipação de recebíveis, quando comparados a outras companhias financeiras. 

Proximidade: A relação entre bancos e clientes, de um modo geral, é fria e distante. E é fato que tal característica também esteja relacionado com a agilidade dos processos nessas instituições; são os fundos de investimento que costumam se tornar mais próximos dos tomadores de crédito. Essa característica particular dos profissionais dessas companhias favorece muito na orientação dos tomadores de crédito. Assim, com sua experiência e percepção do mercado é possível ajudar os clientes de forma muito mais efetiva.

Confiança: Toda essa relação de agilidade e proximidade gera um grau de confiança infinitamente superior pelas duas pontas desta relação comercial. Confiança esta que se estende a parceiros, que dão aval de crédito para empresas cujo crédito em bancos de primeira linha já não existem. Isso gera uma onda de segurança no relacionamento B2B que possibilita negócios em escala maior.

BANCOS DE ATACADO

Como o próprio nome diz, é um banco que vende serviços grandes demandas, para empresas de porte financeiro mais representativo e com uma musculatura bem robusta no faturamento. 
As linhas de crédito são mais vantajosas, porém, a análise de risco é sem dúvida mais rígida e com maior tempo de espera para resposta de crédito.
Entretanto, existem bancos de segunda linha que hoje operam com CNPJ restrito, se igualando a um FIDC, porém somente para grandes operações financeiras. 
Descubra quais as vantagens de operar com cada um deles para cada situação e as diferentes linhas disponíveis para o seu negócio, temos uma equipe pronta para atendê-lo e traçar o melhor caminho na hora da tomada de crédito. Fale com um de nossos consultores antes de tomar uma decisão e saiba como fazer empréstimo de forma inteligente e supervisionada.

Fale com um Especialista